Petit Gateau (muito) fácil

petitComo já comentei aqui, eu não sou nenhuma expert na cozinha, mas de uns anos para cá tenho me aventurado nesse campo. Ainda não arrisco nada muito ousado, então quando li essa receita e vi que era muito simples de fazer,  até achei que estava faltando algo, mas não é que deu certo mesmo? e ficou super cremoso?

Você precisa apenas dos ingredientes da foto:

– 100g de açúcar

– 110g de leite em pó

– 120g de chocolate em pó (normalmente uso o da Nestle, mas quis experimentar esse da Garoto dessa vez)

– 4 ovos

Modo de fazer:

Misture todos os ingredientes em uma tigela, pode ser com um garfo mesmo. Unte as fôrmas com manteiga e salpique chocolate em pó em cima (é importante untar bem, pois se grudar vai sair tudo torto), eu usei fôrmas de cupcake e deu certo, mas as próprias para petit gateau são maiores, o que deixa o centro do bolinho mais cremoso. Não encha as formas até a boca, pois a massa crescerá no forno.

O forno tem que estar pré-aquecido, leve a forma para assar por no máximo 10 minutos. É bem rápido mesmo. Basta desenformar e servir com sorvete. Costumo usar o de Macadâmia da La Basque, é sucesso!!

Aproveitando que estamos falando sobre medidas, recentemente comprei uma balança de cozinha como a da foto abaixo e está me ajudando muito!! Quem está começando agora a cozinhar, recomendo adquirir uma! Quem ainda não tem a sua, nesse link há uma tabela de conversões para ajudá-los.

Balança digital para cozinha, investimento baixo que vale a pena!

Balança digital para cozinha, investimento baixo que vale a pena!

 

Meu primeiro molho (e uma tragédia)

Se você já sabe cozinhar, pode pular esse post. Hoje vou escrever para aqueles que como eu, sempre pensaram: “Fazer meu próprio molho de tomate ao invés de comprar um pronto? ah ta, já vou já…”

Domingo, resolvi experimentar uma receita bem simples do livro do Panelinha, o molho de tomate. Dá para fazer um monte, congelar em potinhos e ao invés de descer no mercado em frente a sua casa e comprar o bom e velho Pomarola, você só descongela e pronto, muito mais saboroso e saudável.

Enquanto eu cortava o tomate em cubos, prestando toda atenção do mundo, me achando a própria Palmirinha da família, começaram a falar comigo, eu me distraí e fiz um corte no dedão.

Quase morri de dor, de raiva da minha distração e por alguns momentos me arrependi profundamente de não ter aberto o Pomarola, que estava ali na caixinha dando sopa. Mas, depois comi o molho e vi que vale a pena fazer em casa. Iniciantes na cozinha, muito cuidado ao mexer com facas, elas machucam mesmo.

Molho de Tomate caseiro

Você vai precisar de:

  • 300g de tomate italiano sem pele (em lata)
  • 300g de tomate fresco, sem pele e sem semente
  • 15 folhas de manjericão
  • 6 col. sopa de azeite
  • 1 pitada de açúcar
  • sal a gosto
  • pimenta-do-reino a gosto

Modo de Preparo:

  1. Numa frigideira grande, aqueça as 3 col. de azeite, junte metade do manjericão e deixe fritar por 2 minutos.
  2. Acrescente o tomate pelado e os cubos de tomate fresco, tempere com sal e pimenta e deixe cozinhar por uns 6 minutos.
  3. Passe o molho para o liquidificador, bata bem de leve e retorne-o para a panela. Acrescente um fio de azeite, a outra metade do manjericão e deixe cozinhar por mais uns 10 minutos. Pronto!

Macarronada do domingo

No livro, eles dizem para passar por uma peneira grossa quando sai do liqüidificador, como os tomates já estão sem sementes, não achei necessário e pulei essa parte.

Não quero parecer a “chata” dos alimentos orgânicos, mas o tomate orgânico é MUITO mais saboroso.

Panelinha – Receitas que funcionam

Ganhei esse livro e estou amando!

O site acho que já é bem conhecido para todos, tem muitas, muitas, mas muuuitas receitas legais: http://panelinha.ig.com.br/site_novo/home/ Esse final de semana eu descobri que até minha avó que é a pessoa mais entendida de cozinha que eu conheço, pesquisa receitas no site.

Mas o livro, além de lindo, com as melhores receitas, tudo bem detalhado, tem no começo algumas listas importantes para quem está começando a se aventurar agora no mundo da cozinha, como eu.

Por exemplo:

  • 10 itens indispensáveis na cozinha: lista a qual me fez comprar uns medidores lindos de inox, uma tábua de bambu e começar a ir atrás de uma faca bem legal!
  • 10 conselhos nutricionais que valem ouro: coma arroz integral pelo menos três vezes por semana, experimente um alimento novo todos os dias, nesse caso vale até variar o tipo de alface, quem sempre come a crespa, experimenta a americana, quem sempre vai de abobrinha frita, tente a grelhada!
  • 10 maneiras para deixar a cozinha verde: faça porções exatas, congele (quanto mais cheio, menos energia o freezer gasta e você não joga comida fora), consuma alimentos inteiros.

Enfim, tem muita coisa legal no livro, a autora é a Rita Lobo, que também apresenta o programa “Cozinha Prática” na GNT!

 

A cesta orgânica

Eis que um domingo a toa eu descubro o blog (já aviso antes de clicar que é altamente viciante) http://www.lacucinetta.com.br. Nele você verá através de uma escrita envolvente, muitas, mas muitas receitas incríveis e feitas praticamente 100% de produtos naturais, não industrializados.

Ok, nessa hora todos pensam “ai Tata, receita de salada, jura?” Não! Estou falando de biscoitos recheados, risotto de quinua com catupiry, maionese caseira, torta de salmão e sim, algumas saladinhas irresistíveis.

Bom, falei isso para explicar como cheguei no título desse post. No blog a Ana comenta sobre sua cesta orgânica, eu experimentei e é bem legal. Através do site http://www.alimentosustentavel.com.br/ você pode fazer sua “feira” pela internet, encomendando somente produtos orgânicos, sem agrotóxicos e oriundos de pequenos produtores.

Para o meu endereço eles não cobraram frete, chegou na data certa (eu pedi na quarta e chegou sexta) e o valor mínimo para encomendar foi de R$ 40. Os preços são os mesmos de produtos orgânicos no mercado.

Espero que gostem da dica!

 

Fettuccine com Salmão

Mais uma receita fácil e muito boa! Quem faz e me passou foi minha amiga Chris, o dela fica muuuito melhor que o meu, mas eu tentei em casa e até que ficou bom!

O preparo do molho é bem rápido, pode por a água do macarrão para ferver antes de começar!

Ingredientes:

  • 500g fettuccine
  • 50g manteiga
  • 1/2 cebola grande ralada
  • 1L Creme de leite fresco
  • 1 pitada de canela
  • 200g salmão cortado em tirinhas (desfiado)
  • sal e pimenta branca moída a gosto
  • queijo parmesão ralado a gosto

Modo de fazer:

Em uma panela coloque a manteiga, um pouco de azeite e a cebola para fritar. Antes que ela fique “corada” acrescente o salmão desfiado, deixe por alguns minutos e acrescente a canela.

Em seguida acrescente o creme de leite fresco, o sal e mexa bem até levantar fervura.

Após o fettuccine cozinhar, escorra a massa e despeje-a na panela do molho.

Pronto! Eu fiz semana passada e apesar de ter invertido um passo e comprado a massa incorreta (ahhh meus dotes culinários), ficou bem gostoso e realmente é bem rápido!

Catupiry Sofisticado

Minha mãe me ensinou essa receita, super fácil, nada muito elaborado, mas ótima para servir! Todo mundo adora!

  • 1 caixa redonda de Catupiry
  • 5 dentes de alho picados
  • 1/4 cebola picada
  • Cebolinha verde picada
  • 5 colheres de sopa de azeite

Desenforme o catupiry em um prato (o que você vai servir) e faça furos com um garfo. Esquente bem o azeite em uma panela, misture com o alho, a cebola e a cebolinha, despeje em cima do catupiry. Coloque a tampa novamente, não precisa (encaixar direito, é só para abafar) e aguarde uns minutos. Pronto, o queijo fica mais macio e super saboroso, pode servir com torradinhas!

Uma dica legal também é utilizar a receita do molho pesto que já falei aqui, com bastante azeite para despejar em cima do catupiry.

Penne + Gorgonzola

Adoro gorgonzola, quando vi a receita desse molho quis experimentar na hora, é bem rápido e fica muito gostoso! Como vocês sabem, eu não tenho muito talento para cozinhar, então sempre que passar receitas aqui, são coisas bem simples e garanto que se EU fiz, qualquer um consegue..rsrs!

Algumas dicas rápidas:

  1. Acrescente um pouco de Vodka na água do macarrão antes de ferver, o gosto fica mais suave (apenas um fio, não exagere).
  2. Para tirar o soro do creme de leite em lata, faça um furinho em cima, um embaixo e deixe apoiado de forma que um dos furos fique “pingando” todo o soro na pia. Se deixar alguns minutos na geladeira antes, o processo fica até mais rápido.
  3. Respeite a quantidade de gorgonzola, se exagerar fica muito salgado.

Ingredientes

  • 150 g de queijo gorgonzola picado
  • 1 lata de creme de leite sem soro
  • 1 caixa de molho pronto de tomate (bem concentrado)
  • 1 colher de sopa cheia de manteiga sem sal
  • 1 tablete de caldo de carne
  • 1/2 colher de sopa de sal
  • 1/2 colher de sopa de açúcar
  • 1 pacote de macarrão 500 g (penne ou parafuso)
  • Queijo parmesão a gosto

Modo de Preparo

  1. Em uma panela funda, derreta a manteiga e dissolva o tablete de carne, coloque o molho de tomate e frite bem.
  2. Acrescente o sal, o açúcar e deixe apurar um pouco.
  3. Junte o gorgonzola e mexa até derreter.
  4. Depois coloque o creme de leite sem soro.
  5. Prepare o macarrão sem colocar sal na água, deixando – o al dente.
  6. Escorra, coloque o molho quente e salpique o parmesão.
  7. Este molho é suficiente para um pacote de macarrão de 500 g.

Fica uma delícia!