Meu primeiro molho (e uma tragédia)

Se você já sabe cozinhar, pode pular esse post. Hoje vou escrever para aqueles que como eu, sempre pensaram: “Fazer meu próprio molho de tomate ao invés de comprar um pronto? ah ta, já vou já…”

Domingo, resolvi experimentar uma receita bem simples do livro do Panelinha, o molho de tomate. Dá para fazer um monte, congelar em potinhos e ao invés de descer no mercado em frente a sua casa e comprar o bom e velho Pomarola, você só descongela e pronto, muito mais saboroso e saudável.

Enquanto eu cortava o tomate em cubos, prestando toda atenção do mundo, me achando a própria Palmirinha da família, começaram a falar comigo, eu me distraí e fiz um corte no dedão.

Quase morri de dor, de raiva da minha distração e por alguns momentos me arrependi profundamente de não ter aberto o Pomarola, que estava ali na caixinha dando sopa. Mas, depois comi o molho e vi que vale a pena fazer em casa. Iniciantes na cozinha, muito cuidado ao mexer com facas, elas machucam mesmo.

Molho de Tomate caseiro

Você vai precisar de:

  • 300g de tomate italiano sem pele (em lata)
  • 300g de tomate fresco, sem pele e sem semente
  • 15 folhas de manjericão
  • 6 col. sopa de azeite
  • 1 pitada de açúcar
  • sal a gosto
  • pimenta-do-reino a gosto

Modo de Preparo:

  1. Numa frigideira grande, aqueça as 3 col. de azeite, junte metade do manjericão e deixe fritar por 2 minutos.
  2. Acrescente o tomate pelado e os cubos de tomate fresco, tempere com sal e pimenta e deixe cozinhar por uns 6 minutos.
  3. Passe o molho para o liquidificador, bata bem de leve e retorne-o para a panela. Acrescente um fio de azeite, a outra metade do manjericão e deixe cozinhar por mais uns 10 minutos. Pronto!

Macarronada do domingo

No livro, eles dizem para passar por uma peneira grossa quando sai do liqüidificador, como os tomates já estão sem sementes, não achei necessário e pulei essa parte.

Não quero parecer a “chata” dos alimentos orgânicos, mas o tomate orgânico é MUITO mais saboroso.

Panelinha – Receitas que funcionam

Ganhei esse livro e estou amando!

O site acho que já é bem conhecido para todos, tem muitas, muitas, mas muuuitas receitas legais: http://panelinha.ig.com.br/site_novo/home/ Esse final de semana eu descobri que até minha avó que é a pessoa mais entendida de cozinha que eu conheço, pesquisa receitas no site.

Mas o livro, além de lindo, com as melhores receitas, tudo bem detalhado, tem no começo algumas listas importantes para quem está começando a se aventurar agora no mundo da cozinha, como eu.

Por exemplo:

  • 10 itens indispensáveis na cozinha: lista a qual me fez comprar uns medidores lindos de inox, uma tábua de bambu e começar a ir atrás de uma faca bem legal!
  • 10 conselhos nutricionais que valem ouro: coma arroz integral pelo menos três vezes por semana, experimente um alimento novo todos os dias, nesse caso vale até variar o tipo de alface, quem sempre come a crespa, experimenta a americana, quem sempre vai de abobrinha frita, tente a grelhada!
  • 10 maneiras para deixar a cozinha verde: faça porções exatas, congele (quanto mais cheio, menos energia o freezer gasta e você não joga comida fora), consuma alimentos inteiros.

Enfim, tem muita coisa legal no livro, a autora é a Rita Lobo, que também apresenta o programa “Cozinha Prática” na GNT!