Trip: Las Vegas – Parte V

Último post sobre o roteiro da viagem! Las Vegas!!

Foto tirada no avião – Muuuita luz

Em Las Vegas é tudo muito grande, colorido, cheio de luzes, shows, jogos, diversão pronta para adultos, a cidade realmente nunca dorme, foi uma ótima pedida para finalizarmos a viagem com chave de ouro!

Transporte

Em São Francisco pegamos um voo para Las Vegas, é um voo rápido (+- 1h 30m) e tranquilo! Compramos através da Decolar.com ainda no Brasil.

Muitos que fazem essa rota optam por ir de Los Angeles para Las Vegas ou de São Francisco para Las Vegas de carro! As distâncias:

Los Angeles – Las Vegas: 370km

São Francisco – Las Vegas: 750km

Na cidade você definitivamente não precisa alugar carro, os principais hotéis ficam no mesmo local (Las Vegas Boulevard), então bastante coisa você faz a pé. Caso precise ir para algum lugar mais distante, há bastante opções de taxis e shuttles nos hotéis.

Hospedagem

Todos hotéis são enormes, com cassinos lindos, restaurantes, lojas e shows. Logo você vai perceber que tudo acontece nos hotéis. Optamos por ficar no Hard Rock Hotel, por ser mais “para jovens” e não ficar localizado no burburinho.

O hotel foi ótimo, os preços em todos hotéis são relativamente bons, mais barato do que todas outras cidades que ficamos (tudo para você poder gastar mais jogando), mas é realmente um hotel bem voltado para jovens, com rock 24 horas rolando alto no cassino, duas baladas, e pool party aos domingos!

Quarto Hard Rock Hotel

Atrações

  • Cassinos: Praticamente todos hotéis têm cassinos enormes, os mais legais na minha opinião: The Venetian, Bellagio (o show de águas na frente, é ímperdivel), Ceasar Palace, Ny Ny, Wynn e Hard Rock (como disse antes, é uma pegada bem mais jovem aqui).
  • Cirque de Soleil: Nós fomos no “Love”, um espetáculo só com músicas dos Beatles, maravilhoso!! Além desse, há o famoso “O” (espetáculo com águas), o “Mystere” (mais clássico) e o “Zumanity” (espetáculo mais sensual). Recomendo comprar antes pela internet, pois a fila é enorme!
  • Shows Variados: Tem muitas opções, esse site é ótimo para ver todos disponíveis, mas vale citar: o show de mágica do Cris Angel, o Viva Elvis e o famosíssimo da Celine Dion.
  • Stratosphere: É um hotel com cassino e tals, mas a grande atração está nos brinquedos da cobertura, adrenalina pura.

“Show” das águas!

Grand Canyon 
 Você pode visitá-lo de carro, de helicoptero e até de avião, nós não conseguimos ir por falta de tempo! Mas vou compartilhar a dica de duas amigas:
Dica da Fran:
Na verdade eu fiz um de aviaozinho, fechamos na avenida principal de Vegas (aliás, todas ofereciam a opção avião e helicóptero e o preço variava bem de uma pra outra).
Pegaram a gente no hotel de manhã num ônibus, levaram até um aeroporto pequeno e embarcamos num aviãozinho, mas foi tranquilo porque a paisagem é linda lá de cima e você se distrai rs! Depois ficamos livres por um tempo legal pra tirar fotos, comer, admirar o lugar e voltamos. Chegamos no hotel no final da tarde. 

Dica da Sâmia:

Fiz um tour do Grand Canyon que o guia te pega no hotel de van, ao chegar lá desce de helicoptero dentro do canyon, faz um passeio de barco pelo Colorado river, sai de helicoptero do canyon, vai no skywalk (aquela ferradura de vidro sobre o canyon) e o guia te leva de volta para o hotel. Na época pesquisei bastante e o tour mais em conta que incluía tudo isso foi o da http://www.adventuressouthwest.com/. Pegamos um guia super legal chamado Harry, se decidir ir com eles veja se ele está disponível.


Las Vegas foi ótimo, recomendo uns 4 dias para ver tudo e aproveitar todos os shows!

Para ver todos os posts da viagem, clique aqui.

Trip: California + Vegas – Parte I

De volta à programacao normal!

Como dito antes, fiz uma viagem de 20 dias pela Califórnia (+ Vegas) e foi incrível!  Viagem para bater perna mesmo, andar muito, abrir e fechar mala. Vou começar com esse post que tem dicas gerais e ao longo da semana vou postando coisas mais específicas de cada cidade.

A viagem me surpreendeu positivamente, muito divertida, paisagens incríveis, cidades lindas, pontos turísticos diferentes e pessoas super prestativas e agradáveis (só conhecemos e fomos atendidos por pessoas alto astral e educadíssimas).

Los Angeles – Beverly Hills

ROTEIRO

De Los Angeles a São Francisco fizemos de carro, pela Highway 1, uma estrada linda que beira o mar. Em São Francisco pegamos um avião até Las Vegas. O roteiro ficou assim:

  • Los Angeles (4 dias, incluindo Santa Monica e Venice Beach)
  • San Diego (1 dia)
  • Santa Barbara (2 dias)
  • San Luis Obispo (uma tarde)
  • Carmel (2 dias)
  • Monterey (uma tarde)
  • San Francisco (5 dias)
  • Las Vegas (3 dias)

Depois que marquei a viagem, algumas pessoas vieram falar que o ideal é fazer ao contrário: de São Francisco para Los Angeles, porque você vai pela pista mais próxima ao mar na Highway 1. Realmente, essa é uma dica importante, a vista é mais legal.

CARRO

Logo que chegamos em Los Angeles alugamos um Mustang na Hertz. O carro é legal, andar com a capota aberta na estrada é uma delícia, MAS o porta malas é pequeno, o que acaba virando uma enxeção, pois as malas não cabem direito, dá mais trabalho.

Se for com malas grandes, recomendo pegar um carro maior. Ah e não se esqueça de pedir o GPS na hora da locação (não é incluso automaticamente), andar em Los Angeles é bem complicado e o mapa é muito completo, com indicação de pontos turísticos próximos, hotéis, restaurantes, postos de gasolina, é essencial!

Los Angeles sem carro não dá! Não é como NY que tem muitos taxis e metrô abrangente, por isso acho bom alugar. Já em São Francisco não precisa, tem mais táxis do que LA, aluguel de bike e os famosos cable cars (bondinhos), além do fato de que não é tão fácil para estacionar.

Em Las Vegas o burburinho todo é muito próximo, então da para fazer tudo a pé, ou pegar um taxi dependendo da necessidade, pois fica bem barato. Mas esquece alugar carro lá, não precisa.

Golden Gate – San Francisco

HOTÉIS

No Brasil reservamos os hotéis de Los Angeles, São Francisco e Las Vegas, os outros decidíamos um dia antes e reservávamos pela internet, foi bem tranqüilo e o melhor é que você não fica preso no roteiro. Por exemplo, a ideia era ficar uma noite em Carmel e uma em Monterey, chegando lá, percebemos que não valia a pena, pois uma cidade é encostada na outra, então optamos por ficar 2 noites em Carmel e apenas passar o dia em Monterey.

Sausalito – Cidade próxima a San Francisco

Bom por enquanto é isso, se tiverem qualquer dúvida ou sugestão, estou a disposição!