Fettuccine com Salmão

Mais uma receita fácil e muito boa! Quem faz e me passou foi minha amiga Chris, o dela fica muuuito melhor que o meu, mas eu tentei em casa e até que ficou bom!

O preparo do molho é bem rápido, pode por a água do macarrão para ferver antes de começar!

Ingredientes:

  • 500g fettuccine
  • 50g manteiga
  • 1/2 cebola grande ralada
  • 1L Creme de leite fresco
  • 1 pitada de canela
  • 200g salmão cortado em tirinhas (desfiado)
  • sal e pimenta branca moída a gosto
  • queijo parmesão ralado a gosto

Modo de fazer:

Em uma panela coloque a manteiga, um pouco de azeite e a cebola para fritar. Antes que ela fique “corada” acrescente o salmão desfiado, deixe por alguns minutos e acrescente a canela.

Em seguida acrescente o creme de leite fresco, o sal e mexa bem até levantar fervura.

Após o fettuccine cozinhar, escorra a massa e despeje-a na panela do molho.

Pronto! Eu fiz semana passada e apesar de ter invertido um passo e comprado a massa incorreta (ahhh meus dotes culinários), ficou bem gostoso e realmente é bem rápido!

Catupiry Sofisticado

Minha mãe me ensinou essa receita, super fácil, nada muito elaborado, mas ótima para servir! Todo mundo adora!

  • 1 caixa redonda de Catupiry
  • 5 dentes de alho picados
  • 1/4 cebola picada
  • Cebolinha verde picada
  • 5 colheres de sopa de azeite

Desenforme o catupiry em um prato (o que você vai servir) e faça furos com um garfo. Esquente bem o azeite em uma panela, misture com o alho, a cebola e a cebolinha, despeje em cima do catupiry. Coloque a tampa novamente, não precisa (encaixar direito, é só para abafar) e aguarde uns minutos. Pronto, o queijo fica mais macio e super saboroso, pode servir com torradinhas!

Uma dica legal também é utilizar a receita do molho pesto que já falei aqui, com bastante azeite para despejar em cima do catupiry.

Penne + Gorgonzola

Adoro gorgonzola, quando vi a receita desse molho quis experimentar na hora, é bem rápido e fica muito gostoso! Como vocês sabem, eu não tenho muito talento para cozinhar, então sempre que passar receitas aqui, são coisas bem simples e garanto que se EU fiz, qualquer um consegue..rsrs!

Algumas dicas rápidas:

  1. Acrescente um pouco de Vodka na água do macarrão antes de ferver, o gosto fica mais suave (apenas um fio, não exagere).
  2. Para tirar o soro do creme de leite em lata, faça um furinho em cima, um embaixo e deixe apoiado de forma que um dos furos fique “pingando” todo o soro na pia. Se deixar alguns minutos na geladeira antes, o processo fica até mais rápido.
  3. Respeite a quantidade de gorgonzola, se exagerar fica muito salgado.

Ingredientes

  • 150 g de queijo gorgonzola picado
  • 1 lata de creme de leite sem soro
  • 1 caixa de molho pronto de tomate (bem concentrado)
  • 1 colher de sopa cheia de manteiga sem sal
  • 1 tablete de caldo de carne
  • 1/2 colher de sopa de sal
  • 1/2 colher de sopa de açúcar
  • 1 pacote de macarrão 500 g (penne ou parafuso)
  • Queijo parmesão a gosto

Modo de Preparo

  1. Em uma panela funda, derreta a manteiga e dissolva o tablete de carne, coloque o molho de tomate e frite bem.
  2. Acrescente o sal, o açúcar e deixe apurar um pouco.
  3. Junte o gorgonzola e mexa até derreter.
  4. Depois coloque o creme de leite sem soro.
  5. Prepare o macarrão sem colocar sal na água, deixando – o al dente.
  6. Escorra, coloque o molho quente e salpique o parmesão.
  7. Este molho é suficiente para um pacote de macarrão de 500 g.

Fica uma delícia!

Chloé Tips: Aperitivos

O mais gostoso de escrever um blog é ver muitas pessoas queridas me apoiando e dando dicas de posts. A Chloé é uma das que mais me ajudou desde o inicio. Então sugeri que ela mesmo escrevesse alguns artigos, que vamos chamar de Chloe Tips!

Como ela é ótima em servir as pessoas, sempre tudo muito caprichado (ela é a encarregada dos aperitivos nos nossos jantares), achei uma ótima começarmos com essas dicas!

Oi, pessoal. Para estreiar a coluna Chloe Tips vou começar falando de uma coisa que eu amo fazer e usufruir.

Com a chegada do frio, algumas pessoas preferem ficar em casa e receber os amigos, então vou dar sugestões do que servir. Deêm preferência às coisas rápidas e fáceis de fazer, mas isso não significa apenas Ruffle’s e Doritos numa tigela.

Gosto de servir canapés de brie com mel, de figo e presunto cru, rodelas de salsichão com mostarda Dijon, mozzarela de búfala com tomate cereja, canapé de salame com picles. Acho ótimas opções, mas gosto também da idéia de incluir a alternativa faça você mesmo seu canapé. O anfitrião ganha tempo, porque tem menos trabalho e o convidado fica mais à vontade para se servir de acordo com seu paladar.

Muitas torradinhas, queijos e geléias! Presunto cru, rosbife e talvez salmão defumado também são ótimos para dar uma “sustância” rs! Tudo isso vende pronto no supermercado.

Para as torradas eu gosto do Pita Toast da Pita Bread, Torradinha Canapé da Visconti e Slim Toast da Fhom. Para os queijos, é importante a variedade. Então, sugiro 4 tipos, dentre eles: Brie, Feta, Gorgonzola, Gouda/Parmesão. Esse dois últimos considero universais pois agrada a maioria das pessoas e possuem um sabor mais convencional, são coringa. Já o brie é sucesso, então tenha um de reserva. Lembrando que esse queijo pode ser servido quente com geléia ou mel, mas recomendo só para quem tiver um rechaud adequado, caso contrário o queijo fica duro super rápido. Do restante, acho que apenas uma peça é o necessário.

O foie gras também pode ajudar quem gosta de comidas mais elaboradas. O tablete da marca Magazzino com 200g custa mais ou menos R$16 e é ótimo. Mas falo do de frango mesmo, pois o de pato sai uns R$30 e tem um gosto mais forte. Se for receber 3 ou 4 casais, acho que uma unidade já é o bastante, até porque tem gente que não come foie gras.

As geléias de pimenta e de damasco são indispensáveis na minha opinião e combinam muito com os itens acima. Uma manteiguinha básica e pão italiano para quem é mais pratico são bem vindos! Sardela também! Ah e o bom e velho patê de atum com maionese. Também sugiro coalhada seca com azeite e um pouco de sal, assim as pessoas comem com as torradinhas.

Sempre sirvo amendoins coloridos e japonês, é tira gosto rápido sem elaboração. Se quiserem algo quente, tem a bruschetta: fatias de pão italiano, tomate picado, azeite, sal, parmesão e talvez um majerição. Alguns minutos numa assaderia no forno e pronto!

No mais, lembrem-se do conforto! Coloquem os aperitivos numa mesa que comporte os pratos, de preferência a mesa de jantar que é maior, e assim os convidados têm espaço para circular ao redor dela e se servirem. Mesas de centro são muito baixas, então concentre nelas os amendoins e guardanapos somente. Para os itens que serão cortados, como os queijos, sirvam em pratos rasos para facilitar.

De resto é só usar a imaginação, pois as opções são infinitas! Vai de acordo com o jeito de cada um. E aí é só aproveitar, comer e beber!

Beijos

Chloé

Penne ao Pesto

Quem me conhece sabe que eu não gosto de cozinhar, mesmo morando sozinha e vinda de uma família de cozinheiras de mãos cheia, eu não peguei gosto pela coisa. Não tenho paciência, sou mais da turma que fica na sala tomando um vinho e papeando #prontofalei!

Mas, um dia, resolvi cozinhar para uns amigos, pedi uma receita fácil e legal para minha amiga Calu e ela me passou o “Penne ao Pesto”. Sabe lá Deus porque, as pessoas adoraram, virou um sucesso e sempre me pedem quando marcamos um jantarzinho. É muito fácil e o melhor é que você pode preparar o molho antes do pessoal chegar e depois ficar na sala papeando com seus amigos…

Vou passar as medidas, mas já aviso que eu não sigo muito a risca, conforme vou fazendo vou provando e vendo o que precisa por mais ou menos. Confie no seu paladar!

Molho Pesto

  • 1 maço de manjericão fresco (só usa as folhas, o “cabinho” é muito amargo, tire)
  • 100g de Pinole (Pode ser nozes também)
  • 1 dente de alho (cuidado, pois o alho fica com gosto forte, coloque aos poucos, bem picado)
  • 150g de queijo Parmesão (acho importante ser um queijo bom)
  • Azeite (usamos bastante azeite, pode deixar pelo menos ½ vidro separado)
  • Sal a gosto

Penne

  • 500g Macarrão tipo Penne

Modo de Preparo:

Bata todos os ingredientes do molho no liquidificador, mas não coloque tudo de uma vez, vá colocando aos poucos e provando, para não errar a mão em nada. Eu gosto de colocar bastante azeite e deixar pra por o pinole mais pro final, pra não “triturar” muito ele. O queijo já é bem salgado então maneire no sal.

Deixe o molho separado, coloque o penne pra ferver, quando estiver pronto, tire a água, mas não por completo, deixe um restinho ainda na panela (para facilitar a mistura). Volte o penne à panela, acrescente o molho, misture bem e está pronto para servir! O molho não vai ao fogo, o segredo é misturar com o penne ainda bem quente!

Espero que de certo 😉

Feriado terça-feira eu preparei para alguns amigos, tirei a foto dos ingredientes e depois esqueci de tirar a foto do prato! Peguei essa para ilustrar, mas fica bem parecido.