Filme: Um método perigoso

Finalzinho de domingo, fomos ao cinema assistir “Um método perigoso”, filme de David Cronemberg, inspirado na peça “The talking cure”. A história é sobre uma parceria, seguida de rompimento, entre os pais da psicanálise Jung e Freud. Entre os dois surge Sabrina Spielrein, paciente do Dr. Jung, que em seguida inicia seus estudos na faculdade de medicina e vem se tornar uma psicanalista de renome.

Uma história sobre a ciência da mente, mesmo para quem não estuda ou acompanha de perto, é sempre um tema muito atraente. Porém, saí do filme com a mesma sensação que saí do “A dama de Ferro”: só isso??

São histórias que geraram tanto assunto, há tanto para se falar sobre o tema que o filme acaba ficando um pouco perdido, diria até raso. Uma sensação de que poderia ter se aprofundado mais, explorado mais o conteúdo.

Li uma crítica aqui que expressa exatamente esse sentimento quando diz que os personagens mudam de idéia, mudam de rumo de repente e o filme não se empenha em explicar isso. Por exemplo, quando Sabrina, logo no começo do filme, está tendo uma crise histérica e minutos depois já confessa à Jung que quer ser estudante de medicina.

Ainda assim, o filme, apesar de bem parado, tem alguns diálogos bem interessantes e mostra um Dr. Jung diferente e um pouco menos ético do que eu esperava.

Tata

One thought on “Filme: Um método perigoso

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s